quarta-feira, março 14, 2007

O re-início eterno

Um segundo post depois de 2 anos tá ótimo, não é...

Vou começar a publicar minhas brisas, embora eu ache que ninguém vai ter algum interesse nisso aqui, pelo menos não depois da bosta do primeiro post, há mais de 2 anos.

Só para não desconsiderar por completo o tal do post esquecido, faço aqui um remember: estou na referida faculdade desde então, no atual quinto semestre, após dois estágios internos (um deles belamente remunerado, apesar de extremamente pedante), e iniciando em um novo em folha, na Agência Fcom, no útero da qual teço este texto.
Não sei se posso me classificar como um estagiário, porque o trabalho aqui está longe daquele clássico cafezinho. Posso dizer que comecei a ter contato com as loucas exigências dos clientes, aquelas que tanto ouvimos falar no curso de criação, apesar de ter apenas começado e nem ainda tocado em algum anúncio.
O que estou achando até agora? Sei que minhas expectativas são as melhores, e nelas ainda não está incluída a idéia de migrar daqui tão cedo.

O almoço de hoje foi basicamente dedicado ao ressucitamento disto aqui, então este primeiro post não vai muito adiante. Pra compensar, no entanto, como próximo post vai um pequeno conto que escrevi baseado numa fotografia enviada por um amigo, que algumas pessoas podem considerar de gosto duvidoso. É, estou falando dos dois, do conto e da foto. Vou tentar colocar a foto também, mas sou meio torto pra essas coisas, então se não puder, paciência.

LRO

Um comentário:

lukitchos disse...

Teste